São pequenos retalhos, que dão origem ao livro da vida










Nunca se esqueça,

no livro da vida você

é o actor principal e

cada página virada,

jamais será vivida...














glitter-graphics.com





Presentes ganhos

 

Obrigado amiga

Estrela que Brilha 

 

 

 

 

 








.posts recentes

. A Familia

. Porquê????

. Quantas vezes...

. Bom fim de semana

.últ. comentários

A época do Natal até pode ter passado, mas é pena ...
Querida vejo que o meu coment não teve direito a e...
Ainda estamos no Natal?!?!?!?!Bêjuuuuuuu
(tal como comentei no outro teu blog venho deixar ...







.arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009




Clica na árvore e visita minha sala de Natal



Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

Memórias


 

"Maria", sentada à sua porta olhava a linda

paisagem, tudo tão verde com ar puro, o lugar

ideal para criar o seu filho...

Fechou os olhos, recostou se na cadeira e à memória

veio todo o passado, não um passado longincuo, mas

um passado recente, quando conheceu o amor da sua

vida, aquele com quem havia casado e vinha a ser o pai do seu

filho, com quem viveu momentos de intensa paixão e felicidade.

Mas na memória, estava presente aquele dia, em que, o seu

grande amor sofreu um acidente e com o qual perdeu a memória,

aquele homem que ela tanto amava e de quem esperava um filho,

voltou  ser criança sem autonomia, tendo sido internado num

sitio, onde a medicação e vigilância era uma constante...

"Maria", não suportando tanta dor, saiu da cidade refugiando se no

campo, onde nasceu seu filho...

Todas as semanas, ía visitar o seu amor, sempre com a esperança

de ver melhoras, mas essa luz não surgia, pelo contrário...

Mamãaaa..."Maria", abriu os olhos e viu o seu pequerrucho correr na sua

direcção, acompanhado d sua cadelinha. Abraçou a mãe, num abraço tão forte...

Olhando aquele rosto e sentindo aquele abraço, permitia ter viva

a esperança de um dia voltar a ser feliz...

publicado por retalhos-meus às 09:15
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De olha_por_mim a 22 de Setembro de 2009 às 15:36
Senti um arrepio ao ler este post...quantas pessoas estarão neste momento na mesma pessoa...outras como eu que perderam alguém que amavam muito...mas realmente há sempre algo que nos faz continuar a ser feliz...no meu caso o meu filho veio dar-me força para continuar a viver...para sorrir...para ser muito feliz...e essencialmente...ensinou-me a ver a vida de outra maneira...
Beijocas enormes
De retalhos-meus a 24 de Setembro de 2009 às 21:12
É verdade amiga, por vezes ficamos bem no fundo, tristes e amarguradas, mas existe sempre uma força que nos puxa e começamos a ver a vida de outra maneira.

Beijinhos
De *FreeStyle* a 21 de Setembro de 2009 às 20:37
Olá....

Passei cheio de pressa e...sinceridade acima de tudo ( não li o post, passarei com mais tempo para ler em condições ), mas passei para te desejar uma optima semana.



Bêjuuuuuuuuuuu.....but with Style
De retalhos-meus a 24 de Setembro de 2009 às 21:10
Olá, o facto de teres passado e manifestares te através de um comentário já é muito gratificante, obrigado...Volta sempre

Beijinhos
De mjm a 21 de Setembro de 2009 às 11:58
Olá amiga,

Este post faz-me recordar uma amiga, a minha melhor amiga que faleceu num acidente na A1 a 4 de Fev de 2007!!!Como eu nesse dia queria que ela tivesse voltado...mesmo pensando que teriamos que tratar dela, ou até pensando que ela poderia ficar diferente...o importante era tê-la e ter o seu carinho connosco!Mas não, ela não voltou...certamente vê-nos de outro sitio, mas sentimos tantas saudades, não conseguimos esquecer aquele dia!

Um beijinho enorme para ti
De retalhos-meus a 21 de Setembro de 2009 às 12:24
Amiga, este post é ficção, mas identifica se com muitas vidas vividas, com situações que infelismente conhecemos bem... A A1, conheço muito bem, e amiga desejo te muita força, pois sei que jamais esquecerás, que a saudade a cada dia é maior, e a dor não passa, mas onde ela estiver não vai querer ver o vosso sofrimento... Amiga não te digo isto da boca para fora, mas sim porque conheço o que sentes, esse sentimento que se vive quando perdemos alguém muito querido, muito menos quando se espera...

Beijinhos
De mjm a 21 de Setembro de 2009 às 16:50
Desculpa passar outra vez por aqui sobre este post, mas o que escreveste fez-me mesmo recordar esse dia só que não te disse que a minha Amiga Querida só tinha 35 aninhos e deixou-nos nos braços a Beatriz, com 2 aninhos e o Miguel com 6 mesinhos e que ainda amamentava....ao vê-los crescer,imaginamos o quanto a Ana desejava cria-los, a Beatriz pergunta-me pela mãe e pelo carro azul...é tão dificil!!!

Obrigada Amiguinha por estares desse lado, obrigada pelo presente que deixaste no meu blog, obrigada por tudo!

Um Beijinho bem Forte!
De Rosinda a 21 de Setembro de 2009 às 10:26
Estou a pensar que se realmente este post for um retalho da sua vida...? Então minha querida, já teve a sua quota de grande sofrimento...
Mas tendo alguém a chamar.nos Mãe dá alento e vontade de viver...
Um beijinho
onix flores para começar bem a semana!
De retalhos-meus a 21 de Setembro de 2009 às 12:16
Amiga, isto que aqui escrevi é apenas ficção, imaginação minha, coisas que li, ou até situações que presenciei e fiz alterações.
Mas além de ser ficção, quantas pessoas já não sofreram na realidade por situações assim, quantas mães já não se viram sozinhas com os filhos nos braços, mas é como dizes, quando se ouve a palavra mãe, tudo parece mais fácil de suportar.

Beijinhos

Comentar post

.meu retalho

cursor






glitter-graphics.com


gifs fofos

























.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds